Locais a Visitar

Deixe a sua imaginação levá-la  pelos contrastes da Ilha.

FUNCHAL

A história do Funchal remonta ao século XV, quando os Portugueses começaram a colonizar a costa recém-descoberta da ilha. O nome é derivado de erva-doce “Funcho”, que naquela época cresceu demasiado na área á volta do Funchal. Agora, esta, é uma cidade moderna e cosmopolita, que tem muito para oferecer.

Esta é uma das mais limpas e uma das mais seguras capitais na Europa. Tem uma história rica e é conhecida pela qualidade de melhores restaurantes e hotéis, um clima ameno e povo hospitaleiro, e também o famoso vinho da Madeira. Tudo isso faz que o Funchal seja um  local interessante e emocionante, onde todos vão encontrar algo de interessante.

A posição do Funchal  é muito atraente – como se estivesse  num anfiteatro natural, cercada por montanhas de um lado e do outro enfrentando o Atlântico. Se estiver interessado na história, não perca os muitos monumentos que fazem parte dela (igrejas e, especialmente, a catedral, que remonta ao século XVI e que domina o panorama do centro da cidade), museus e a zona antiga da cidade. Para os amantes da flora, desfrutar dos maravilhosos parques e jardins onde as flores crescem o ano todo.Para os caminhantes também irá ser uma agradável agradável,fazendo alguns quilómetros no centro da cidade para iniciarem as  trilhas mais belas da ilha. O Funchal é também o lugar perfeito para praticar desportos aquáticos.

MERCADO DOS LAVRADORES

Mercado dos Lavradores não é apenas um simples mercado dos frutos e produtos hortícolas. Este lugar está cheio de côr e aroma de frutas vendidas aqui com nomes exóticos ,sonoridade (anona, maracujá, banana das plantações locais), hortaliças e flores (orquídeas, camélias-para citar apenas alguns), e muitos dos vendedores estão vestidos com trajes tradicionais coloridos. As paredes estão decoradas com tradicionais azulejos portugueses, que são tão coloridos como o interior dos produtos. Há também um mercado de peixe, no qual você pode-se familiarizar com muitos exemplos de peixes vivos nas águas em torno da Madeira – espada, atum gigante e ou lapas.

MONTE

O Monte –será um lugar “obrigatório” a visitar. Não só pela sua história, mas também a vista panorámica sobre a baía do Funchal.

Esta vila pitoresca, situada nas montanhas altas do Funchal, é muitas vezes comparada à cidade de Sintra, principalmente pelo seu carácter romântico. As vilas históricas, jardins exóticos (incluindo o jardim botânico e um jardim tropical Monte) e a Igreja de Nossa Senhora do Monte, na qual se encontra o túmulo de Carlos I de Habsburgo, o último imperador da Áustria,o qual atrai muitos visitantes.

O imperador austríaco, que foi exilado após a abdicação da Madeira, viveu com sua família na Quinta do Monte ( denominada “Quinta Jardins do Imperado).  Carlos de Habsburg morreu em 1922, seis meses após sua chegada á Madeira e foi sepultado na igreja no Monte.

Para terminar a sua visita ao Monte em grande estilo, sugerimos que experimente os antigos carros de cestos ´tobogan´- que transporte  turistas próximo da igreja, nas ruas estreitas do Monte quase centro da cidade. São puxados por dois homens de camisa branca e chapéu de palha,,mais conhecidos por “carreiros do Monte” cerca de 10 a 15 minutos de adrenalina, que vale a pena experimentar.

CÃMARA DE LOBOS

Uma vila  pescatória amado por Winston Churchill!

Localizado cerca de cinco kilómetros da cidade do Funchal, manteve o seu carácter tradicional. Inúmeros cafés e restaurantes agrupados em torno de uma baía pitoresca fazem este lugar parecer ainda mais pitoresco. Local que  inspirou  Winston Churchill, o qual  passou lá um verão lá em 1950, para a pintura de paisagens costeiras.

Nesta visita a  Câmara de Lobos, precisa provar as famosas bebidas tradicionais que são a ´poncha´e ‘nikita’-as quais e  de acordo com muitos habitantes locais são considerados os melhores da ilha.

Camara de Lobos está também situada próxima a muitos lugares interessantes e pontos de paragem obrigatória, como o Cabo Girão – o promontório mais alto na Europa com 580m de altura, a Boca dos Namorados e Boca da Corrida (com uma magnífica vista sobre o Curral das Freiras).

PORTO MONIZ

Porto Moniz situa-se na ponta mais noroeste da ilha, um dos lugares mais espectaculares da ilha da Madeira tendo a maior atracção  as piscinas naturais, formadas no meio das rochas vulcânicas, com águas cristalinas.

Porto Moniz é também o lugar ideal para umas férias com as crianças. Além das famosas piscinas naturais, há também o “Science Center” – centro educacional, onde poderá de uma forma interactiva  aprender muitas coisas interessantes, assim como um aquário.

Embora o Porto Moniz seja uma vila pequena, convém na mesma planear uma viagem para todo o dia. Para ter oportunidade de nadar nas piscinas naturais ,almoçar na Vila o famoso peixe Espada com banana. Deslocar-se depois pelas admiráveis estradas desta costa até o Planalto do Paúl da Serra até á Encumeada (ponto de vista ) e continuar até  a Ribeira Brava

SÃO VICENTE E GRUTAS

São Vicente, é uma pitoresca aldeia situada à beira de profundos vales da costa norte da Madeira,  local onde começou a formação da ilha.

Junto com a incrível paisagem do centro da cidade a qual foi muito bem reconstruída, esta vila é uma das mais pitorescas da ilha da Madeira. Vale a pena visitar a igreja, que data do século XVII, principalmente pelas pinturas maravilhosas no teto. Junto ao mar, há também, escondido em rochas, uma pequena capela construída em 1649 no lugar em que supostamente apareceu São Vicente.

Em São Vicente há também  o Centro do Vulcanismo, onde  poderá participar na apresentação audiovisual da criação da ilha e os processos vulcânicos que ocorrem em seu interior. Também pode visitar as Grutas, túneis subterrâneos, pelos quais a lava fluiu durante a formação da ilha.

Recentemente, São Vicente também se tornou popular entre os surfistas, com condições ideais e as ondas para a prática deste desporto.

SANTANA

Santana é outra interessante cidade na costa norte da Madeira. Tornou-se muito popular entre os turistas, especialmente pelos seus “ Palheiros” – casas tradicionais, construídas de pedra, com telhados cobertos de colmo.

Aqui também existe o Parque Temático da Madeira, que oferece muitas atracções para os visitantes jovens e adultos.

Não muito longe da Vila de Santana,tem as “Queimadas”, local onde há o início de uma das mais pitorescas levadas da ilha – Caldeirão Verde e Achada de Teixeira, onde  poderá caminhar do pico mais alto da Madeira – Pico Ruivo.

CURRAL DAS FREIRAS

Curral das Freiras é uma pequena vila e também o nome do vale, situado no coração da ilha, rodeado por alguns dos picos mais altos da Madeira. A vila foi fundada no século XVI pelas freiras dos conventos de Santa Clara do Funchal, que encontraram abrigo contra ataques de piratas em 1566.

O vale foi formado como resultado da erosão, mas até recentemente, acreditava-se que era uma cratera de vulcão . Curral das Freiras situa-se num vale bastante profundo sentindo-se a população muitas vezes isolada.  Aqui tem  início ás mais belas , caminhadas da Madeira – Encumeada  ao Pico Ruivo.

MACHICO

Machico, é  a segunda maior cidade da Madeira e um local que desembarcaram pela primeira vez  em 1420. Vale a pena é visitar a Capela dos Milagres – a mais antiga igreja de Machico, e edifícios fortificados – São João Baptista e Nossa Senhora do Amparo.

Uma das principais atracções de Machico é também a praia de areia. Poderá tomar o morro para  o Pico do Facho , onde há uma bela vista sobre a baía e a cidade de Machico e Caniçal. Pico do Facho foi no passado o local onde acenderam tochas para alertar os moradores da cidade contra os piratas.

CALHETA

Calheta é uma encantadora vila na costa sul da Madeira, um dos destinos turísticos mais populares, devido à maior praia da areia na Madeira. Calheta também pode gabar-se de várias igrejas históricas, sendo um dos primeiros lugares em que os colonos cedo resolveu a ilha.

Na colina acima da vila há um Centro das Artes Casa das Mudas - com muitas exposições e eventos culturais interessantes.

CANIÇAL

Esta pequena vila de pescadores situada no extremo oriental da ilha é conhecida por seu papel que serviu no passado – o centro da actividade baleeira. Para saber mais sobre o assunto pode visitar o museu local dedicado à história da baleia. Caniçal é também um destino popular em Setembro devido ao  festival dedicado por pescadores, acompanhado de muitos eventos e shows.

BOAVENTURA

Esta aldeia bonita foi um dos primeiros locais colonizados na Ilha da Madeira. Devido à sua localização ao longo dos séculos foi praticamente isolada de outras cidades, é por isso que ainda pode encontrar muitas pessoas que vivem de maneira tradicional. Se  está à procura de paz e tranquilidade da natureza, certamente  poderá encontrar-los na Boaventura. Com uma posição espectacular, com vista para o vale verdejante e para o oceano, milhares de flores coloridas, tudo isso faz com que o local seja extremamente charmoso.

PORTO SANTO

Porto Santo foi a primeira ilha do arquipélago da Madeira descoberta por João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira em 1418. Um dos moradores mais famosos do Porto Santo foi Cristovão Colombo. O mais importante festival, qual todos os anos se realiza  no Porto Santo em Setembro é dedicado a ele.

Esta pequena ilha com uma área de 42 km2 difere significativamente da ilha principal, a Madeira. No sul, estende-se uma de 9 km de praia arenosa longa, um lugar perfeito para os amantes da praia. A ilha é também menos verde – dominada por falésias calcárias, e o pico mais alto do Porto Santo é Pico do Facho com 516 m.